23 de setembro de 2009

Os cantores gospel, seus cachês e a vergonha do evangelho.


Os cantores gospel, seus cachês e a vergonha do evangelho.

Por Renato Vargens

Há pouco eu estava assistindo na Rede Record de Televisão, o programa “Geraldo Brasil” onde inúmeros cantores gospel estavam reunidos. Em meio a muita cantoria, um deles afirmou que Deus mudou as suas vidas transformando-os poderosamente. Contudo, ao serem questionados sobre seus shows, todos foram unânimes em concordar que o que fazem é servir a Deus com os seus dons e ministérios. Ora, vamos combinar uma coisa? Se esses caras tivessem se convertido as suas vidas não teriam mudado? E Carla Peres? Se tivesse encontrado ao Senhor continuaria dançando no carnaval? E quantos aos cachês? Continuariam sendo cobrados em valores exorbitantes?

Caro amigo, infelizmente em nome de Deus os denominados cantores gospel tem cobrado o olho da cara. Alguns destes possuem a pachorra de cobrar R$ 40.000,00 por show. Ora, isso é uma verdadeira aberração! Em um país de gente miserável e pobre, a igreja em vez de saciar a fome daqueles que anseiam por justiça e comida, comercializa a fé?

Sinceramente esses cantores que se dizem vocacionados deveriam abrir mão dos cachês nababescos e viver como qualquer servo de Deus. É bem possível que ao ler a esta afirmação talvez você esteja pensado com seus botões: “Há, mais eles precisam viver, é certo que recebam!” Claro que é justo que recebam uma oferta como qualquer ministro cristão, todavia, existe uma diferença significativa entre receber uma oferta e cobrar milhares de reais por apresentação. Se não bastasse isso, tais cantores se locupletam de uma glória que não lhes pertencem, tomando para si a honra que pertence ao Senhor das nossas vidas.

Pois é, esta historia de artista gospel é uma verdadeira vergonha. Afirmar que seus shows fazem parte de um ministério cristão é no mínimo afrontar o conceito bíblico de serviço. Isto posto, repudio veementemente os que em nome Deus se locupletam da fé publica cobrando valores imorais por seus shows e apresentações.

Que Deus tenha misericórdia desta geração!

35 comentários:

  1. eita porra. vô vira cantor gospel então, tô precisando de money mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Engraçado tb é qdo eles lançam um CD para propagar a palavra de Deus... mas são contra downloads gratuitos das musicas pela internet. Querem propagar recebendo dinheiro, ou seja, comercializam a fé. Isso não é novidade há muito tempo. Trouxa é quem paga por isso, que incentiva esse tipo de coisa.

    ResponderExcluir
  3. Estava escrevendo um longo comentário, porém apaguei para tornar meu ponto de vista mais objetivo. Não vejo problema algum nos cachês cobrados. São artistas de renome e devem ter seu talento reconhecido. Esta visão arcaica de que todo o cristão deve ser pobre é da igreja católica da idade média. Os ministérios levam palavra, conforto e muita diversão para quem estiver disposto a ouvir e gostar daquele artista/grupo. O que eles fazem com esse dinheiro é outra história. Se quiserem doar o mesmo e assim sentirem como correto que o façam. Se preferirem comprar uma casa maior e dar mais conforto para sua família que assim o façam também. Um dia as contas serão acertadas, certo?

    ResponderExcluir
  4. Que idiota, então se eles ganhassem pouco vc nem reclamaria né... Inveja é foda.

    ResponderExcluir
  5. cara pra fazer um show grande vai uma grana... esses 40 mil não ficam pro músicos, quanto maior a produção maior o número de pessoas envolvidas e assim o maior número de pessoas a serem pagas. coloca ae um estrutura de umas 30 pessoas mais gastos de todos tipos (instrumentos, infraestrutura etc etc) e se vai perceber que é até pouco... não gosto de música gospel, nem sou religioso, sou apenas músico e sei o quanto se gasta...

    ResponderExcluir
  6. Finalmente um cristão com um ponto de vista pertinente.
    Pelo o que eu entendi, o rapaz que postou aí diz durante todo o texto que não é contra o recebimento de cachê dos artistas, ele é contra o recebimento de uma quantia exorbitante de dinheiro que é pago em nome da fé alheia.
    E digo mais: se você é um artista gospel, a primeira coisa que você tem que saber é que você está ali pra servir a Deus e não pra encher seu cofre.
    E sobre o comentário do músico aí em cima: até onde eu entendi ele comenta sobre cachê e cachê vai pros músicos sim! É claro que eles usam pra pagar por serviços como roadie, produtor e etc, mas não vai um tostão pra produção do show não.

    Cachê é cachê e custos de produção são custos de produção, uma coisa não tem nada com a outra.

    Só deixando claro que eu sou ateu, não acredito em absolutamente nada da igreja, mas respeito completamente a fé das pessoas.

    ResponderExcluir
  7. locupletam!

    1. Tornar ou tornar-se rico, enriquecer.
    2. Encher-se.
    3. Saciar-se.

    ResponderExcluir
  8. tipo é caro mais e despesas de transporte , alojamento , comida , funcionarios ... garanto que nao é barato .

    ResponderExcluir
  9. de nome aos bois então!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Por isso que Cd e dvd, qualquer gênero que seja, inclusive Gospel, eu baixo na net. Não vou sustentar o idealismo daqueles que não praticam o que pregam.

    ResponderExcluir
  11. mesmo com tantos comentários resolvi expor o meu. entendi o seu pto de vista, o errado é cobrar um cachê (alto) para si (e/ou funcionários)em nome de Deus, como se ao pagarmos pelo show automaticamente Deus nos livraria de todos os males, mesmo que livre porque devemos pagar ao homem por um mérito q ñ é seu? e ainda vou mais longe, acho errado tb ser cobrado o batismo, e todos os trâmites de igreja (falo da católica pois tive maior contato), afinal quem cura, salva ou abençoa ñ é Deus? o Cristo ñ aceitava dinheiro nos ensinando q o sacerdotismo é um dom ñ profissão. é como se voltássemos ao tempo da venda de indulgências.

    ResponderExcluir
  12. Ah! ainda esqueci, gostei da atitude da Joana Prado q pediu p/ ñ mostrar cenas de qdo era "a feiticeira", pois a sua vida era outra e ela queria mostrar suas qualidades e valores. essa mudou seu estilo de vida, até a forma de falar está mais branda.

    ResponderExcluir
  13. Amigos, não importa se você é católico, evangélico, budista, ateu. Quando o assunto é dinheiro somos todos IRMÃOS. Somos todos um bando de PORCOS CAPTALISTAS. O capital conseguiu fazer com a humanidade o que nem Deus conseguiu, nos unir no único propósito da vida que é : “GANHAR DINHEIRO”. Discorda? Vende seu carro e doa aos pobres. Prova que você é diferente.

    ResponderExcluir
  14. ( APENAS MEU PONTO DE VISTA )

    kra quando um cantor do meio SECULAR
    cobra um ABSURDO pra fazer show
    a galera ainda axa barato O_O
    isso eu nao entendo ;S
    voces tem noçao de quando por
    ex; cobra uma MADONA ou mesmo a IVETE pra
    fazer um SHOW ???
    agora pq o cara e EVANGELICO tem que ser
    digamos que POBRE ??
    :S temos que ver que eles ( cantores gospel)
    vivem disso e nada mais e vendo tbm
    que eles tem familia pa sustentar
    ministerios pra manter entre outras coisas
    mais esse e apenas meu ponto de vista
    xD

    ResponderExcluir
  15. Gosto Muito deste site e voltei aqui pra ver a repercussao deste post pois postei la em cima no dia 27/11. Pelo que li, fora os engracadinhos, todos concordam que voce nao foi nem um pouco feliz neste post.

    ResponderExcluir
  16. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Quando Jesus ordena os doze, e os manda para as cidades para pregar ele diz: DE GRAÇA RECEBESTE, DE GRAÇA DAI.

    Falta isso hoje em dia.

    Custos de produção, custo com os instrumentos e etc... bah... custos são custos, concordo.

    Mas deixar de tocar porque o cachê não foi suficiente. Me desculpe mas vou usar o termo do Lourival PORCOS CAPITALISTAS.

    Não se confunde obra de DEUS com trabalho secular.

    Se o cara quer ir cantar porque DEUS o abençoou e talz... Ótimo.
    Se quer cantar por causa do cachê, deixe isso bem claro e não fique escondendo atrás de alguma brecha pra se justificar.

    ResponderExcluir
  17. O que vcs me dizem, o cachê de Pe. Fábio de Melo que é de R$250.000,00 que é a polemimica do momento ak em Natal-RN, um show promovido pela prefeitura ak da cidade. Isto sim é um absurdo to pensando se vou continuar sendo católico. Paulo Marcos Natal - RN

    ResponderExcluir
  18. Acabei de reproduzir o texto acima no tópico "Mini$térios e cachê$", da comunidade virtual Dotgospel. Nela eu tenho combatido ferrenhamente a transformação da música cristã em objeto de lucro. Simplesmente estão direcionando a seres humanos como eu e você a glória devida somente a Deus.
    Participe das discussões sobre esse assunto e dê uma olhada no conto que escrevi tendo o mesmo como pano de fundo, o qual possui o nome de "De volta ao primeiro amor" e pode ser visto no Dotblog ( http://www.dotgospel.com/blog/de-volta-ao-primeiro-amor ). Pena que aqueles que deveriam ler este e outros textos, como a turma da MK e da Line Records, por exemplo, simplesmente os desprezam...
    Que Deus o abençoe muito e o fortaleça para que possa divulgar o Evangelho genuíno apesar de todas as pressões. "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade" (Mateus 7:21-23). Até de repente, se Deus quiser.

    ResponderExcluir
  19. PESSOAL, VEJA BEM. A COBRANÇA DE CACHÊ DEVE SER DE ACORDO COM OS GASTOS. QUALQUER ABUSO, ELES PRETARÃO CONTA A DEUS. NÃO DEVEMOS FICAR MURMURANDO SEM SABER A DESTINAÇÃO DO CACHÊ COBRADO. NÃO É DIFERENTE COM O DÍZIMO: QEM DÁ, FICA LIVRE DE SER COBRADO NO DIA DO JUÍZO. SE A IGREJA QUE RECEBE NÃO USAR PARA OS FINS COM OS QUAIS A BÍBLIA ORDENA, ELES PRESTARÃO CONTA DE TUDO ISSO. O QUE É PIOR: PERDER DINHEIRO OU SER LANÇADO NO LAGO DE FOGO PRA SER QUEIMADO ETERNAMENTE COMO MALDITO SOFREDOR??? VOCÊS TEM UMA VISÃO MUITO FECHADA QUANTO AOS ASSUNTOS RELACIONADOS AO AMOR E A JUSTIÇA DE DEUS. TODOS OS ERROS SERÃO PESADOS NA BALANÇA, MAIS CEDO OU MAIS TARDE. REPITO: QUEM DÁ, RECEBE CEM VEZES MAIS. QUEM NÃO DÁ, O DIABO RECEBE O DIREITO SOBRE ELE DE TORNÁ-LO UM MISERÁVEL. E QUEM RECEBE, TEM A RESPONSABILIDADE DE ARCAR COM AS DÍVIDAS LEVANTADAS EM PRÓ DA OBRA DO SENHOR.CASO CONTRÁRIO: MAIS CEDO OU MAIS TARDE, A RECOMPENSA VIRÁ PARA CADA UM SEGUNDO AS SUAS OBRAS, SEGUNDO AS SUAS INTENÇÕES.

    ResponderExcluir
  20. AS RELIGIÕES QUE NÃO SÃO EVANGÉLICAS NEM DEVERIAM COMENTAR SOBRE ISSO, UMA VEZ QUE JAMAIS DEFENDERAM OS MEIOS DE PREGAR O EVANGELHO, POIS SÃO DO SIABO. E O DIABO É ACUSADOR, A BÍBLIA DEIXA BEM CLARO QUE ELES PERSEGUIRIAM OS CRENTES NOS ÚLTIMOS DIAS. E MAIS DO QUE NUNCA, SABEMOS QUE TUDO O QUE ESTÁ ESCRITO JÁ ESTÁ SE CUMPRINDO, ELES QUEIRAM OU NÃO.

    ResponderExcluir
  21. qual o problema em cobrar....eles precisam comer ne, sobreviver.fazer algo bonito pra Deus... existem pessoas que so dao porcaria a Deus..so resto..se daniel, ivete, zeze...e ate luan santana cobram mais q 100, 200 mil por um show que mal ha em um cantor gospel cobrar! tem uma produçao por traz..pessoas...profissionais a altura para falar de Deus...cantar pra Deus.... entao tem q cobrar com certeza! agora me desculpa quem nao deveria cobar o cache que cobra é o padre fabio de melo! e olha q eu gosto da pessoa dele... mas pelo q fiquei sabendo o cache dele é um absurdo....ele é o artista q mais vende cds originais no pais! mas perai ne vender td bem agora cantar bem ja eh outra coisa...mas enfim o povo paga e ele faz com transparencia entao ta td bem..q Deus abençoe ele...alias q abençoe tds os citados...e inclusive tdos nos q aqui escrvemos .... grande abraço! fiquem com Deus...

    HL

    ResponderExcluir
  22. "Digno é o trabalhador do seu salário" (Lucas 10.7)
    nao cabe a nos achar exorbitante ou nao...o importante eh q cobrando ou nao vidas sao acrescentadas ao REINO!

    ResponderExcluir
  23. ... safadeza tem limite, Jesus proibiu o comercio na Igreja , quebrou tudo qdo viu isto diante dos seus olhos, ser Gospel hj em dia qualquer voz bonitinha sabe ser , é só dizer que " Jesus mudou minha vida " e sair cantando afinado, se quer comer , vestir .Vai trabalhar. Quer usar o seu dom de cantar e louvar faça de bom grado, se doe . Deus quer um sacrificio vivo de louvor , verdadeiros adoradores e não falsificadores apóstatas com carinha de convertido, fazendo jogo de cena com emblema gospel. Isto nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao é o reino de Deus , Deus não precisa desses cantores , não faz falta no reino de Deus ... Mas sim adoradores q o adorem em Espírito e Verdade, que tenham unção e possuem o Espírito da Verdade , afinal isso não condiz com o reino dividido e o cassino que fazem com o reino de Deus, miséricódia Jesus.... MAs o apóstolo PAULO advertiu q se faria comércio com a palavra, a qual hj em dia se perdeu o temor o respeito. Cantores q recebem prêmio Gospel, que aberração. Exaltam mais a criatura q o criador... Fiquemos com o corinhos da Igreja , pois é na Congregação q o Senhor derrama sua benção, não nestes palcos de mentira e comércio.... Deus tem misericórdia... a paz do Senhor.

    ResponderExcluir
  24. carlos cunha,parabéns pelo teu entendimento! Só falta vc ver q sobre o dízimo é a mesma coisa; não precisamos pagar dízimo, isto é da lei. O Senhor Jesus fez um novo concerto: o da Graça, de graça recebestes, de graça daí. Procure uma igreja em que todos tem seu trabalho e trabalham de graça na obra de Deus; um lugar que não usa propaganda alguma e se propaga o evangelho verdadeiro, a doutrina dos apóstolos deixada pelo Senhor Jesus, a doutrina verdadeira que leva ao céu. Estes pastores fazem o que está escrito na palavra: vivem da lã das ovelhas, são gulosos cada um para sua parte. Veja que eles dificilmente se unem. Veja q nestas igrejas, cada uma define o que pode e o que não pode fazer, mas na verdade as coisas do mundo sempre estão nestas igrejas, as maquiagens das mulheres, o jogo de bola, o apoio a políticos lá dentro etc, etc. E resumindo tudo, eles vão se enriquecendo dia a dia com o comércio que fazem da palavra (com as ofertas exorbitantes que pedem e com a venda de cd's, lenços, colunas, chaves, dvd de pregação, livros, biblias comentadas por eles etc, etc, els compram mansões, aviões, viagens internacionais e por aí vai. Espero que sto faça vc e quem ler refletir! Só mais uma coisa, quem diz como deve ser agradado é o pai e não o filho que procura agradar o pai de qualquer jeito, pois o filho legitimo sabe como o pai gosta de ser agradado. A biblia diz como o pai gosta de ser agradado; os filhos legitimos são os que agradam a Deus conforme o que está escrito na palavra. Eles não inventam moda, como coreografias, lenços brancos, camisetas brancas, shows gospel, retiro em monte e tantas bobagens que a palavra não reconhece. O verdadeiro adorador, não sai falando por aí que é crente, salvo quando lhe perguntam, mas executa as obras da palavra, para que vejam e digam: verdade é. Até mais

    ResponderExcluir
  25. Pagar 100 mil ao Chiclete pra eles tocarem e não te acrescentar em nada eh valido?? pelo menos se paga 40 pra que a palavra de Deus alcance vidas... ainda sobra 60 mano...

    ResponderExcluir
  26. eu sei é cada um vai prestar contas a Deus dos seus feitos,eles só cobram esses valores porque tem quem os pague ,é logico eles lotam as igrejas, e igreja cheia hoje em dia é sinônimo de crescimento e ai o evangelho ta cada vez mais difícil,sem contar a hipocrisia nas letras das canções, letras do tipo:"apaixonado apaixonado apaixonado por você senhor estou"imagina se não estivesse."abro mão dos meus sonhos, abro mão das riquezas por ti". será. "geração que abre mão de tudo por causa do senhor" é e deveriam abrir mão de cobrar esse absurdo para louvar.são canções muitas das vezes vazias,é as vezes não passa só de letras o coração esta longe. Deus tenha misericórdia de nós.

    ResponderExcluir
  27. Acabei de gravar meu 1º CD, passei 26 anos cantando e pregando aqui em Roraima,nunca cobrei nada de ninguém e assim nesses tantos anos, poucos pastores e irmãos tiveram a sensibilidade de me ajudar, seja com gasolina, pois meu carro não anda sem ela, ou mesmo alguma oferta, pra falar bem francamente, oferta mesmo que eu me lembre só uma congregação me deu R$ 50,00. Gastei R$ 30.000,00 na gravação e fiz uma tiragem de 2000 CD's, estou vendendo a R$ 15,00, ou seja vou só empatar o que gastei. Agora que tenho um trabalho, acerto com a igreja, dependendo de quantos membros tenha uma quantidade X de CD's, não cobro nada além disso e mesmo assim estou decepicionado, pois quando não cobrava nada eu não tinha tempo nem pra pensar, agora estão correndo de mim, é triste, mas estou começando a mudar meu pensamente, tem que se cobrar sim, claro nada exorbitante, mas creio que uma oferta mais um nº de CD's não é nada demais.

    ResponderExcluir
  28. Cara Só acho assim que um Cachê Alto é paia mesmo mais pensa comigo...
    Um musico é casado tem dois Filhos e uma casa ( digamos que esse é o normal) uma banda simpes para um cantor são uns 9 musicos ja tem bandas grandes como " Diante do Trono " que são sentenas de pessoas . Quero dizer que pode parecer alto mesmo mais se fosse Algum de nós tendo familia para sustentar e vive daquilo eu acho justo.

    ResponderExcluir
  29. percebo além de tudo, o amor que os irmãos estão tendo uns para com os outros...
    amados irmãos, refreem as vossas línguas e antes de vos escandarlizar-vos,analisem á sí mesmo.
    só sente a dor de um calo quem o tem.
    acredito que um estudante de ensino médio cujo não tem experiências em curso de Direito,vai poder ser mais sábio que um advogado.
    más para isso ele terá que passar pelo processo de aprendizado para então conhecer e falar corretamente como o tal.
    então façam um investimento em sí(aula de canto...)se nescessário for,depois façam um pequeno investimento do tamanho do seu potencial,gravem um cd,fotos para capa,designer gráfico,prenssagens de cds e outros custos financeiros.
    e vejam se sua opnião continuará a mesma.
    caso contrário leia o começo do texto.
    para os fracos é muito fácil falar,difícil e agir não é mesmo?
    faz! investe ! vamos...

    ResponderExcluir
  30. Não vejo nada de ilícito, a palavra do Senhor nos diz que todo obreiro é digno de seu salário,evidentemente estão fazendo a obra do Senhor.No entanto, isso não deixa de ser uma profissão.Se pararmos para analisar quantas pessoas trabalham em um ministério de música;tocadores,cantores, empresários,publicitários, roldes, etc. Imaginemos agora que cada integrante seja um pai de família que utiliza todo seu tempo no desenvolvimento Professional e espiritual da banda...fica complicado em demasia partilhar um insignificante cachê pra tanta gente! Vamos acordar pessoal, parar de apontar para a vida alheia e vamos olhar somente para Cristo Jesus.
    Grande abraço a todos!

    ResponderExcluir
  31. cara o dom da musica tanto para cristao quanto para secular é dado por DEUS se o cara do secular cobra um absurdo parar cantar o gospel ao pode ser desvalorizado de maneira alguma e só pra te dr uma lo a melhor musica que existe é a gospel prova disso é que 80% dos cantores seculares aprenderam a cantar na igreja mane

    ResponderExcluir
  32. Concordo plenamente com o comentário, realmente é um absurdo esse tipo de mercado da fé, recebe ofertas e ajuda de outros ministérios eu concordo, mais os valores absurdo, mais isso acontece infelizmente porque existe ministérios e pastores que querem o mesmo: Fama, popularidade, reconhecimento ministérial, e faz os irmãos dá o sangue para levantar essas quantias absurdas, Jesus disse quer me seguir: o filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. eles querem hotel e travesseiro de pena de ganso para reclinar a suas cabeças

    ResponderExcluir
  33. é um absurdo fazer a casa de Deus a casa de oração, casa de negocios, sabemos que todo trabalhador é digno de seu salario, sabemos que os ministro que vivem em tempo integral, que trabalha realmente pra cuidar da obra de Deus, recebe sim ofertas e ajuda de suas igrejas, que venha suprir a sua necessidade, mais 50 mil e 40 mil já é luxo, esse argumentos de pagar musico estrutura não cola, as vezes o cantor fica com a maior parte e dar uma mixaria para os outros.

    ResponderExcluir
  34. Amigo, imagino que você não conhece o que um cantor ou pregador que hoje tem um nome já passou ou passa para atingir um patamar confortável. Os cachês que você divugou estão dentro de padrão normal, talvez sua igreja que não tenha condições de pagar, por exemplo, na cidade que eu moro tem uma casa vendendo e o preço dela é 2 milhoes de reais, acredite, a casa não é cara. Sou assessor de uma cantora que ainda não tem o nome conhecido, sei muito bem de seus batalhas, sei que ela fechou o ano com o saldo de aproximadamente R$ 100.000,00( Cem mil reais). Isto fora que ela tem curso superior e não exerce sua profissão por esta dedicando inteiramente ao ministério, faz concervatório de musica a 2 anos e estudo canto com professor particular alem de teologia e muitas horas, eu disse muitas horas de oração e tempo com Deus. Agora me responda, quanto que ele deve cobrar para cantar em sua igreja???
    A só lembrando, os musicos da banda dela estuda musica e não tocam de graça. Recebe salários, férias, 13°, INSS e ...;
    A quando você ficar conhecendo o nome dela é porque ela pagou uma grana alta para produzir um clip e passar em um canal de televisão, para tocar as musicas de seu cd nas maiores rádios fm do Brasil, e-mail market e ...
    Quanto seria uma oferta justa?
    utima coisas, hoje para cada apresentação de 1 hora, existe a preparação de pelo menos 16 horas e mas o tempo de viagem. Então responda se você puder, qual o cachê justo?

    ResponderExcluir

Comenta! Elogia! Critica! É tudo para o Reino!

Considere apenas:
(1) Discordar não é problema. É solução, pois redunda em aprendizado! Contudo, com modos.

(2) A única coisa que eu não aceito é vir com a teologia do “não toque no ungido”, que isto é conversa para vendilhão dormir... Faça como os irmãos de Beréia e vá ver se o que lhe foi dito está na Palavra Deus!
(3)NÃO nos obrigamos a publicar comentários ANÔNIMOS.
(5) NÃO publicamos PALAVRÕES.

“Mais importante que ser evangélico é ser bíblico” - George Knight .